COMUNICAÇÃO JURÍDICA - MÓDULO II

 Exercício 1:

(ENEM) Assinale a alternativa correta e justifique sua resposta:

 Texto I

Ser brotinho não é viver em um píncaro azulado; é muito mais! Ser brotinho é sorrir bastante dos homens e rir interminavelmente das mulheres, rir como se o ridículo, visível ou invisível, provocasse uma tosse de riso irresistível.

CAMPOS, Paulo Mendes. Ser brotinho. In: SANTOS, Joaquim Ferreira dos (Org.). As cem melhores crônicas brasileiras. Rio de Janeiro: Objetiva, 2005. p. 91.

Texto II

Ser gagá não é viver apenas nos idos do passado: é muito mais! É saber que todos os amigos já morreram e os que teimam em viver são entrevados. É sorrir, interminavelmente, não por necessidade interior, mas porque a boca não fecha ou a dentadura é maior que a arcada.

FERNANDES, Millôr. Ser gagá. In: SANTOS, Joaquim Ferreira dos (Org.). As cem melhores crônicas brasileiras. Rio de Janeiro: Objetiva, 2005. p. 225.

Os textos I e II utilizam os mesmos recursos expressivos para definir as fases da vida de uma pessoa. Tal afirmação é confirmada pelo uso de:

A)expressões coloquiais com significados semelhantes.

B)afirmações enfáticas no aspecto contraditório da vida dos seres humanos.

C)recursos específicos de textos escritos em linguagem formal.

D)termos denotativos que se realizam com sentido objetivo.

E)metalinguagem que explica com humor o sentido de palavras.

 

Exercício 2:

(ENEM) Assinale a alternativa correta e justifique sua resposta:

O telefone tocou.

— Alô? Quem fala?

— Como? Com quem deseja falar?

— Quero falar com o sr. Samuel Cardoso.

— É ele mesmo. Quem fala, por obséquio?

— Não se lembra mais da minha voz, seu Samuel?

Faça um esforço.

— Lamento muito, minha senhora, mas não me lembro. Pode dizer-me de quem se trata?

(ANDRADE, C. D. Contos de aprendiz. Rio de Janeiro: José Olympio, 1958.)

Pela insistência em manter o contato entre o emissor e o receptor, predomina no texto a função:

A)metalinguística.

B)fática.

C)referencial.

D)emotiva.

E)conativa.

 

Exercício 3:

4) Indique a alternativa que apresentar os conceitos adequados sobre sujeito quando este assume a voz do locutor.

I.  O locutor não assume qualquer responsabilidade sobre os dados colocados no texto, seu comprometimento é seguir as normas exigidas pelo gênero do documento. A responsabilidade é de quem assina.

II. O locutor é o sujeito que redige o documento e assume a responsabilidade sobre o que é enunciado, ainda que seja o enunciador que assina o documento.

III. O locutor é aquele que assume a voz do discurso que enuncia, porque se identifica com o enunciador que assina o texto. Logo, assume a responsabilidade pelo conteúdo veiculado pelo texto.

IV. O locutor é aquele que não assume a voz do discurso que enuncia, porque não se identifica com o enunciador que assina o texto necessariamente. Logo, assume a responsabilidade pelo conteúdo veiculado pelo texto.

A)Apenas a I;

B)Apenas a I e a II;

C)Apenas a III;

D)Apenas a I e a IV;

E)Apenas a II e a IV.

 

Exercício 4:

(ENEM 2018) Deficientes visuais já podem ir a algumas salas de cinema e teatros para curtir, em maior intensidade, as atrações em cartaz. Quem ajuda na tarefa é o aplicativo Whatscine, recém-chegado ao Brasil e disponível para os sistemas operacionais iOS (Apple) ou Android (Google). Ao ser conectado à rede wi-fi de cinemas e teatros, o app sincroniza um áudio que descreve o que ocorre na tela ou no palco com o espetáculo em andamento: o usuário, então, pode ouvir a narração em seu celular. O programa foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade Carlos III, em Madri. “Na Espanha, 200 salas de cinema já oferecem o recurso e filmes de grandes estúdios já são exibidos com o recurso do Whatscine!”, diz o brasileiro Luis Mauch, que trouxe a tecnologia para o país. “No Brasil, já fechamos parceria com a São Paulo Companhia de Dança para adaptar os espetáculos deles! Isso já é um avanço. Concorda?”

Disponível em: http://veja.abril.com.br. Acesso em: 25jun. 2014 (adaptado).

Por ser múltipla e apresentar peculiaridades de acordo com a intenção do emissor, a linguagem apresenta funções diferentes. Nesse fragmento, predomina a função referencial da linguagem, porque há a presença de elementos que

A)buscam convencer o leitor, incitando o uso do aplicativo.

B)definem o aplicativo, revelando o ponto de vista da autora.

C)evidenciam a subjetividade, explorando a entonação emotiva.

D)Expõem dados sobre o aplicativo, usando linguagem denotativa.

E)objetivam manter um diálogo com o leitor, recorrendo a uma indagação.

 

Exercício 5:

(Enem – Inep) A biosfera, que reúne todos os ambientes onde se desenvolvem os seres vivos, divide-se em unidades menores chamadas ecossistemas, que podem ser uma floresta, um deserto e até um lago. Um ecossistema tem múltiplos mecanismos que regulam o número de organismos dentro dele, controlando sua reprodução, crescimento e migrações.

DUARTE, M. O guia dos curiosos. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

Predomina no texto a função da linguagem:

A) emotiva, porque o autor expressa seu sentimento em relação a` ecologia.

B)fática, porque o texto testa o funcionamento do canal de comunicação.

C)poética, porque o texto chama a atenção para os recursos de linguagem.

D)conativa, porque o texto procura orientar comportamentos do leitor.

E)referencial, porque o texto trata de noções e informações conceituais.

 

Exercício 6:

Sobre as funções de linguagem, assinale a alternativa correta:

I – Na função poética, o objetivo é a estética do texto, a sua forma de construção;

II – Na função apelativa, a função principal é o convencimento do receptor.

III – Na função referencial, o produtor da mensagem utiliza geralmente a terceira pessoa, tendo em vista que precisa transmitir uma impessoalidade;

A)as afirmativas I e II estão corretas;

B)As questões I e III estão corretas;

C)Somente a I está correta;

D)Somente a II está correta;

E)Todas estão corretas;

 

Exercício 7:

( Concurso INSTITUTO AOCP – 2019) O excerto “Mas (com o perdão do trocadilho) pode render bons frutos [...]” revela a utilização de uma função da linguagem que prioriza

A)o referente, visto que se destaca o assunto abordado no texto.

B)a mensagem, pois são destacados o jogo com as palavras e a ambiguidade de sentido.

C)o canal, porque a ênfase da comunicação está no contato estabelecido com o leitor.

D)o emissor, visto que a expressão utilizada demonstra a opinião do autor sobre a jardinagem.

E)todas estão incorretas.

 

Exercício 8:

(FURB – Prefeitura de Blumenau) - Transmite uma informação objetiva sobre a realidade. Dá prioridade aos dados concretos, fatos e circunstâncias. É a linguagem característica das notícias de jornal, do discurso científico e de qualquer exposição de conceitos. Coloca em evidência o assunto ao qual a mensagem se refere”. Está se falando da função de linguagem:

A)expressiva;

B)apelativa;

C)fática;

D)referencial;

E)metalinguística;

 

Exercício 9:

Analise as afirmações abaixo e assinale a alternativa correta:

 I – Na função apelativa, o objetivo principal é o convencimento do leitor;

 PORQUE

II – A função apelativa tem como objetivo informar, transmitir uma ideia de forma objetiva;

A)a primeira assertiva é verdadeira e a segunda assertiva é falsa.

B)a primeira assertiva é falsa e a segunda assertiva é verdadeira.

C)a primeira e a segunda assertiva são falsas.

D)a primeira e a segunda assertiva são verdadeiras e a segunda não justifica a primeira.

E)a primeira e a segunda assertivas são verdadeiras e a segunda justifica a primeira.

 

Exercício 10:

(ENEM) Assinale a alternativa correta e justifique sua resposta:

Desabafo

Desculpem-me, mas não dá pra fazer uma cronicazinha divertida hoje. Simplesmente não dá. Não tem como disfarçar: esta é uma típica manhã de segunda-feira. A começar pela luz acesa da sala que esqueci ontem à noite. Seis recados para serem respondidos na secretária eletrônica. Recados chatos. Contas para pagar que venceram ontem. Estou nervoso. Estou zangado.

CARNEIRO, J. E. Veja, 11 set. 2002 (fragmento).

Nos textos em geral, é comum a manifestação simultânea de várias funções da linguagem, com o predomínio, entretanto, de uma sobre as outras. No fragmento da crônica Desabafo, a função da linguagem predominante é a emotiva ou expressiva, pois

A)o discurso do enunciador tem como foco o próprio código.

B)a atitude do enunciador se sobrepõe àquilo que está sendo dito.

C)o interlocutor é o foco do enunciador na construção da mensagem.

D)o referente é o elemento que se sobressai em detrimento dos demais.

E)o enunciador tem como objetivo principal a manutenção da comunicação.

 

 Exercício 11:

( INSTITUTO AOCP - 2018 - PRODEB - Analista Organizacional – Processos) - Sobre os elementos de comunicação em: “Por que hoje em dia abandonamos tantos projetos de vida?”, assinale a alternativa correta.

A)O leitor é o emissor, o autor é o receptor e a linguagem não verbal é o código da mensagem.

B)O autor é o canal de comunicação, o leitor representa os ruídos na comunicação e a mensagem é representada por linguagem não verbal.

C)O leitor é o canal de comunicação, o autor é o código e o contexto é a mensagem.

D)O autor é o emissor, o leitor é o receptor e a linguagem verbal é o código da mensagem.

E)A mensagem é o contexto, o código são os ruídos na comunicação e o canal de comunicação é o autor.

 

Exercício 12:

(CORE-MT – 2019) Relacione os fragmentos abaixo, às funções da linguagem predominantes e assinale CORRETA, obedecendo à ordem das frases:

I - “Beba Coca-Cola.”

II - “Serei sempre serena”.

III - “O que é uma entrevista? Trata-se de uma conversa entre uma ou mais pessoas com um fim determinado”.

A)Apelativa, emotiva e metalinguística.

B)Emotiva, poética e metalinguística.

C)Fática, emotiva e metalinguística.

D)Poética, apelativa e emotiva.

E)Nenhuma das alternativas.

Comentários