Multa por transporte escolar não autorizado agora é infração gravíssima Atividade remunerada irregular também teve valor da autuação e tipificação alterados

O jornal FOLHA DE S. PAULO, publicou matéria com a nova classificação da infração de trânsito para o motorista que for flagrado fazendo o transporte escolar não autorizado e o transporte remunerado irregular de pessoas ou bens passam.

A partir de 07/10/2019, as infrações classificadas como gravíssimas no Código de Trânsito Brasileiro.

Com a mudança, a multa para o transporte escolar, por exemplo, passa de R$ 195,23 para R$ 1.467,35. O motorista do veículo escolar não autorizado ainda levará 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além da apreensão do veículo.

Já para o transporte de pessoas e bens sem a devida autorização, a infração passou de média para gravíssima, também com remoção do veículo, e 7 pontos na CNH. A multa sobe de R$ 130,16 para R$ 293,47.

Nenhum comentário:

Postar um comentário